quarta-feira, 26 de maio de 2010

PROJETO SOL NASCENTE e PROJETO HORTA COMUNITÁRIA (Agricultura Urbana e Peri-urbana-AUP)

PROJETO SOL NASCENTE - Curitiba

CURITIBA

2010


HISTÓRICO

O Projeto Sol Nascente é um Grupo Organizado de Serviço Social Voluntário, que nasceu e atua no Bolsão da Vila Audi-União (Vilas Audi, União, União Ferroviária, Lotiguaçu, Marumbi e Icaraí), no bairro do Uberaba. É coordenado pelo Lions Clube Curitiba Nikkey e pela UniFAE-Bom Jesus, com parcerias de várias instituições públicas e privadas, que também desenvolvem projetos sociais naquela região. Foi criado para atender às demandas sociais da população de baixo poder aquisitivo, principalmente entre crianças e adolescentes, organizando junto com os parceiros, ações de inclusão social, apropriação dos espaços públicos, educação para a cidadania e outras.

O Projeto Sol Nascente desenvolve nesta região várias ações sociais, entre elas o atendimento através da Psicomotricidade Relacional. Seu principal objetivo é articular a união de todos os segmentos de prestadores de serviços à população da região, fortalecendo e facilitando o desenvolvimento de atividades sociais necessárias à população.


PARCERIAS:

Lions Club Curitiba Nickey;

Lions Club Batel;

FAE - Bom Jesus;

Escolas da Região (Maria Marli, Michel Khury, Raquel Mader, Marumbi);

JOCUM – Jovens Com Uma Missão;

Unidades de Saúde Alvorada e Lotiguaçu;

SMAB – Secretaria Municipal do Abastecimento;

UFPR – Projeto PELC;

Creche das Irmãs Ursulinas;

Obra Social Santo Aníbal - OSSA

CRAS Ouro Verde;

FAS;

Regional Cajuru;

Conselho Tutelar Cajuru;

Núcleo Regional de Educação Cajuru;

Guarda Municipal;

Polícia Militar;

Clube de Mães;

Associações de Moradores;

Sanepar;

Aliança Empreendedora;

CIAR, Centro Internacional de Análise Relacional;

PROJETO HORTA COMUNITÁRIA (Agricultura Urbana e Peri-urbana-AUP)

O projeto de horta comunitária tem como modelo os projetos “Eletrosul Vamos Plantar” e “Hortas Comunitárias” que beneficiam 1.200 famílias de baixa renda, principalmente na região do Tatuquara em Curitiba.

Nosso projeto visa usar o espaço disponível sob a rede de alta tensão, fenômeno em expansão, particularmente nos países pobres e em desenvolvimento, onde os sistemas urbanos de suprimento de alimentos não são acessíveis a toda a população.

No Brasil a AUP faz parte do Programa Fome Zero e possibilita a produção de alimentos de forma comunitária com uso de tecnologias de bases agroecológicas em espaços urbanos e peri-urbanos ociosos.

Os principais benefícios são:

1. melhoram o regime alimentar das famílias e portanto, contribuem para mantê-las em bom estado de saúde;

2. geram, em muitos casos, um ganho monetário modesto, porém bemvindo para as populações de baixa renda;

3. aumentam o grau de auto-suficiência local na produção de alimentos, os cinturões reduzem o volume de transporte a longa distância e assim diminuem as emissões dos gazes de efeito estufa.

4. cultivar o fundo do quintal ou um lote na horta coletiva peri-urbana junta o útil ao agradável, vira um passatempo com uma dimensão estética, como atestam as belas flores cultivadas nos jardins operários das cidades européias.

5. As áreas utilizadas para as hortas não sofrem degradação pelo acúmulo de entulho e lixo, além de evitarem a aglomeração de delinquentes.

ATIVIDADES EM DESENVOLVIMENTO DO PROJETO SOL NASCENTE - HORTA COMUNITÁRIA:

Gleba I– 30 famílias já sendo atendidas – espaço do JOCUM – início em março de 2009;

Gleba II – 100 famílias serão atendidas – espaço Lotiguassú (aguardando autorização da COPEL);

Gleba III – aprox. 40 famílias serão atendidas – espaço próximo a Av das Torres (aguardando autorização da COPEL);



OBSERVAÇÕES PERTINENTES:



 Uso do solo: a COPEL não possui um projeto nos moldes da ELETROSUL ou ELETROPAULO com relação ao aproveitamento do solo urbano sob as linhas de tensão, na forma de Condomínios de Hortas;

 Irrigação: a Sanepar, através da Coordenadoria Regional de Meio Ambiente- Leste, estuda uma política de apoio a esse tipo de projeto.

 Beneficiários: Em Curitiba, cerca de 8 mil agricultores urbanos e 6 mil estudantes cultivam alimentos em 1.280 hortas que ocupam mais de 200 ha de solos urbanos que chegam a produzir mais de 4.100 toneladas de alimentos por ano.

DOCUMENTOS EXTERNOS:

 Agricultura Urbana e Periurbana na América Latina e No Caribe: Uma Realidade – Documento da FAO(ONU) sobre os benefícios da Agricultura Urbana e Peri-urbana:

http://www.rlc.fao.org/es/agricultura/aup/pdf/brochurpr.pdf

 Revista Brasileira de Agroecologia - Impactos ambientais e sócio-econômicos das hortas comunitárias sob linhas de transmissão no bairro Tatuquara, Curitiba, PR, Brasil.

http://www.aba-agroecologia.org.br/ojs2/index.php/rbagroecologia/article/viewFile/9779/6635

 Eletrosul beneficia 1.199 famílias com hortas comunitárias

http://www.fomezero.gov.br/noticias/eletrosul-beneficia-1-199-familias-com-hortas-comunitarias

 Horta comunitária muda vida de beneficiários do Bolsa Família em Itapeva (SP)

http://www.fomezero.gov.br/noticias/horta-comunitaria-muda-vida-de-beneficiarios-do-bolsa-familia-em-itapeva-sp/?searchterm=horta

 Hortas urbanas sob linhas de alta tensão (reportagem do programa Dia de Campo na TV- patrocinado pela Embrapa)

http://hotsites.sct.embrapa.br/diacampo/programacao/2004/hortas-urbanas-sob-linhas-de-alta-tensao

 Blog Projeto Sol Nascente

http://projetosolnascentevilaaudi.blogspot.com/



CONTATOS:

Ivone Popoviski – Fones: (41)9134-3474/(41)3018-3474, e-mail: popoviski@yahoo.com.br

Marco Antonio Tavares- Fones: (41)8412-6125/(41)8700-8087, e-mail: matavares@ibest.com.br

2 comentários:

Horta Pronta Online disse...

Oi, conheça a Horta Pronta Online, a Hortinha que já vem pronta!

http://sites.google.com/site/hortaprontaonline/

Grato, Eliel.

Horta Pronta Online disse...

Oi, conheça a Horta Pronta Online, a Hortinha que já vem pronta!

http://sites.google.com/site/hortaprontaonline/

Grato, Eliel.